31/08/2021

Flexibilização do comércio: quais as regras e restrições em São Paulo?

A vacinação contra o coronavírus tem avançado rapidamente no Brasil e algumas capitais começaram a relaxar as medidas de restrição.

No estado de São Paulo o governo flexibilizou as restrições de horário e de público para o comércio. Mesmo assim, o uso de máscara e o distanciamento social precisam continuar sendo respeitadas nos espaços públicos..

A nova flexibilização é válida para os 645 municípios do estado. Contudo, as prefeituras poderão adotar medidas mais restritivas caso julguem que seja necessário.

O governo também deu autorização para eventos sociais, culturais e feiras corporativas com controle de público. Porém, seguem proibidos shows com público em pé e pistas de dança. O mesmo vale para jogos de futebol nos estádios.

A seguir, um resumo do que é permitido e o que é proibido no Estado de São Paulo:

Podem funcionar sem restrição:

  • Restaurantes, bares, cafés e lanchonetes
  • Lojas, shoppings, galerias e outros comércios não essenciais
  • Salões de beleza, barbearias e clínicas de estética
  • Museus, cinemas, teatros e shows com público sentado
  • Academias de ginástica, clubes e centros esportivos
  • Serviços essenciais como supermercados, postos de gasolina, bancos e farmácias
  • Parques Urbanos

Continuam proibidos:

  • Shows com público em pé
  • Pistas de dança
  • Torcida em estádios.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias Relacionadas